LIVROS - resumos e breve abordagem.


Esta página será sobre LIVROS 

Postarei alguns relatos, resumos, breve abordagem, ou trechos de livros que li e que gostaria de compartilhar com vocês.

______________________________________

1 - Clique no link abaixo e leia um relato do livro,

Amor nos Tempos do Cólera -  de Gabriel Garcia

imagem da internet

Amor nos Tempos do Cólera 

_____________________________________

2 - Médico de Homens e de Almas - de  Taylor Caldwell



Médico de Homens e de Almas, sempre relutei em lê-lo, achava que por ser um livro sobre a história de um santo, "São Lucas", fosse muito bíblico e cansativo, acabava colocando no final da fila de leitura, porém encorajada por minhas irmãs, no grupo da família, resolvi ler, aproveitando esse período de pandemia. Confesso que, no começo, por causa da narrativa muito detalhada e extensa, com poucos diálogos, não me envolvi muito, e fui entretida por outros afazeres e com a leitura mais lenta do livro. 
Entretanto, há umas duas semanas, fui me envolvendo na leitura e me apaixonando, foi uma entrega de corpo e alma. Um livro de muitas páginas e pesado, difícil de manusear, mas que foi se tornando cativante.... Pude conhecer melhor a história de Jesus Cristo, através da história de São Lucas, um apóstolo de Jesus, que não O conheceu pessoalmente, apenas com seu espírito, "seguramente a visão do espírito era mais pura do que a visão dos olhos mortais". 
O livro passa desde a infância de Lucas, suas paixões, medos, milagres médico (os quais o levou a achar que pudesse ter errado em seus diagnósticos).
Retrata também;  Atenas, Roma, e figuras Bíblicas como Pilatos, Herodes e Maria "N.Sra", que com Sua presença na narrativa, torna tudo mais emocionante, com os relatos da vida de Jesus Cristo.

Livro envolvente e emocionante que recomendo a todos.
_____________________________________

3 - Hamlet - Willian Shakespeare



Encerrei a leitura de Hamlet, esse clássico "romance trágico". E se você é como eu, que já ouviu muito falar de Hamlet e que só  sabia dizer que era uma obra de Shakespeare e com as célebres frases; "ser ou não ser,  eis a questão",  e  "há mais coisas entre o céu e a terra que supõe sua vã filosofia"... pois bem, aqui vai a minha interpretação e breve resumo.

A Tragédia de Hamlet, príncipe da Dinamarca.
Começa com a morte do Rei Hamlet da Dinamarca, de maneira inexplicável. Este rei era casado com Gertrudes e tinham um filho chamado de Hamlet, o príncipe, e um irmão chamado Cláudio.
Com a morte do rei Hamlet, a rainha Gertrudes casa-se com o cunhado Cláudio, que se torna o Rei da Dinamarca, isso tudo em duas semanas.

Ainda no primeiro ato e primeira cena da peça, sim Hamlet trata-se de uma peça teatral, o fantasma do rei aparece para Horácio, amigo do príncipe, que o avisa. No dia seguinte Hamlet encontra o fantasma do pai, que revela que foi assassinado e que a "serpente cuja mordida tirou sua vida agora usa a coroa, assim, pela mão do meu irmão, perdi, ao mesmo tempo, a coroa, a rainha e a vida"... Com isso Hamlet começa a ter uma crise existencial,
 promete se vingar, e finge-se de louco para alcançar seu objetivo.

Hamlet e Ofélia são apaixonados, ela irmã de Laertes e filha de Polônio, braço direito do Rei Cláudio. Seu pai nunca incentivou seu namoro com o príncipe por ser herdeiro do trono e ela uma simples filha do conselheiro.

No desenvolver da trama, Hamlet com o intuito de vingar a morte do pai, sugere a um grupo teatral que encene uma peça onde o irmão de um Rei mata-o, para ver a reação do Rei Cláudio ao assistir, pois Hamlet teme estar sendo ludibriado pelo fantasma do pai, por achar que pode ser na verdade um espirito do mal, e não do próprio pai. Porém ao encenarem, o Rei Claudio sai e Hamlet tem certeza que o Rei é o assassino e prossegue com a vingança.
Depois disso, Hamlet tenta conversar com a mãe e acusá-la de infidelidade, mas ao ouvir um barulho atrás da tapeçaria, e por pensar que esta sendo espionado por Cláudio, mata o homem, e depois vê que era Polônio.
Com a morte do pai e com o descaso de Hamlet, Ofélia entra em depressão e se suicida. 
Sabendo da morte do pai e da irmã, Laertes decide se vingar.

O Rei Cláudio sugere uma batalha de esgrima entre Hamlet e Laertes, porém, vendo a loucura de Hamlet, decide que ele deverá morrer e arquiteta maneiras para matá-lo: primeiro colocou veneno na ponta da espada de Laerte, para que se ferisse Hamlet, este morreria. Caso Laerte não consiga matá-lo, colocou também veneno na taça do brinde em que Hamlet faria caso fosse o vencedor. 
Porém no decorrer da batalha, Gertrudes bebe um pouco na taça com veneno e morre em seguida. 
Na luta, Laertes fere Hamlet e na violência da luta, as espadas caem e são trocadas e Hamlet também fere Laertes com a espada envenenada.
Quando todos estão se desfalecendo, Hamlet percebe a sabotagem, fere o Rei e o obriga a tomar o resto da poção.  

Assim, nessa tragédia, todos os personagens principais acabam Mortos!!!

_____________________________________

4 -

  

Comentários